segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Critical Mass september 2016









                   A Massa Crítica de setembro de 2016... aconteceu na maior paz, excelente energia! Os sinais da interação estavam espalhados, mas dentro de um coletivo unido. O objetivo é o de sempre... o alvo, as ruas ocupadas por centenas de bicicletas... rodas girando, faróis, campainhas, "cantorias", vibração por onde passou! Se me perguntarem se quero outra cidade... sim, quero políticos que nos representem de verdade, quero ação coletiva para uma mobilidade coerente, quero que as pessoas se respeitem mesmo quando discordam! É preciso ouvir quem pedala ao lado... volta e meia, troca o parceiro, muda o conjunto de conversa. Alguém me ajudou a subir na mureta do túnel... esqueci o nome, mas lembro do rosto. Certo que é meu amigo agora... mais um! A gente conhece tanta gente legal com a bicicleta... esta é a ferramente transformadora. A gestão de Porto Alegre não respeita os cidadãos... é um absurdo maior que outro, seja este vivente um ciclista, pedestre ou motorista. Pouca gente se agrada... se é minoria, mal esta! Tem gente que se ofende, não aceita crítica, não aceita pergunta, não aceita negativa! Crítica é algo que adverte sobre uma divergência ou diferença, não necessariamente é ruim, mas exige pensamento. Quem não pensa, acaba parando no tempo, não percebe os sinais... sinais importantes a construção de soluções para problemas que crescem! Sabe o trânsito? Então... problema que cresce, dia e noite, eram centenas, agora são milhões de automóveis! Carros grandes que trafegam apenas com o motorista... pra levar um documento que poderia ir por bike courier. É estranho, né? 
Uma obra milionária que levou anos para ser construída... então sai na capa do jornal. "Túnel da Anita Garibaldi é enfim liberado...", se faz uma crítica de chamada... entra na matéria e não se fala em problema algum. Projeto entregue as pressas, aos pés da eleição para prefeitura! Parece que ficou bom... mas vai lá ver! Dá impressão que se passar dois ônibus juntos, um no sentido contrário do outro, parece que não vai passar... então, travessia de pedestre e ciclista, esquece! As pessoas foram lá, fizeram um barulho! Tinha um agente de trânsito pedalando junto, em serviço, cantando " bicicleta, um carro a menos!". Estamos no caminho... temos força, estamos com a razão, temos o melhor veículo. O combustível é abundante e perfeito... são abraços e sorrisos! Isto, não pode ser parado... isto é a energia que move o mundo!