segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Pra relacionar teoria com a prática... sustentabilidade e economia!




          Muitas pessoas dizem, algumas realmente conseguem aplicar... falar em sustentabilidade, economia e observar as tendências é uma tarefa complicada se tratando de crianças. A meninada do século 21 nasceu em apartamento, praticamente não conhece praça ou natureza e andar na rua sozinho ficou muito perigoso. As tendências enjaularam as crianças na medida em que as cidades cresceram... formamos muitos problemas para solucionar! Então, acabou sendo natural... as crianças até querem ir para as ruas, mas os pais não permitem. É um tal de criança jogando videogame sem nunca ter subido em um skate ou bicicleta... e assim fomos distanciando nossas crianças da realidade. 
Fica difícil aproximar a criança de uma realidade quando a questão não exige um esforço... acender uma lâmpada é fácil, esquecê-la ligada é mais ainda. Com um toque se liga o videogame, mas toca o telefone ou surge alguma distração e lá fica o aparelho dos jogos ligado, consumindo energia, ou melhor, desperdiçando! Foi assim que Ricardo Zanona, que administra a cantina do colégio Pastor Dohms, teve a ideia para mexer com esta consciência da gurizada. Entusiasta da bicicleta e ciclista, elaborou a ideia de ligar uma bicicleta a um sistema capaz de carregar um celular. Uma ideia bem simples... ao pedalar a bicicleta que não sai do lugar, a roda movimenta uma polia que transfere tal energia para girar um alternador de automóvel. O alternador de automóvel é um dispositivo que gera eletricidade para recarregar a bateria de um carro e manter as demais funções que necessitam da tensão elétrica. O alternador neste caso, preso ao rolo de exercícios na bicicleta, converte a energia motriz produzida pelo homem em energia elétrica. Esta corrente fornecida pelo alternador pode recarregar aparelhos celulares. Com esta ideia, Ricardo espera gerar consciência nos pequenos... "pois durante o exercício eles percebem como é trabalhoso pedalar por um período para recarregar o celular." 
A convite do autor deste projeto, fomos até a escola onde se encontra o aparelho da experimentação, constatamos o sucesso da brincadeira que gera consciência de gente grande. É vantagem aproximar os jovens de questões pertinentes ao futuro, mas sabemos que existe uma forma adequada para conquistar através da curiosidade e reflexão. Este foi um papel importante de Ricardo dentro da escola, mesmo que não fosse tarefa dele, incentivou a reflexão também nos adultos... ficam as perguntas: O que podemos fazer para interagir com os jovens? Qual o papel de um adulto dentro de uma sociedade? Podemos fazer mais?

Nós acreditamos em pessoas como Ricardo... capazes de fazer mais, além de suas funções e que ajudam a transformar o mundo. Estamos gratos por esta iniciativa!