segunda-feira, 1 de agosto de 2016

A espada no formato de uma dobrável... o que virá?

Modelo fabricado pela Dahon é 2016, conceitual. Em princípio não terá continuidade em 2017.

A Dahon versão SPEED D8 possui câmbio SRAM de 8 velocidades, com trocador de revolução. 
          Uma dobrável fabricada em Cr-Mo 4130... full frame! Muitos foram os caprichos e logo mais os apresentaremos aqui e nos canais da Revista Bicicleta. Basicamente ela é uma versão bem elaborada dos modelos existentes, com vários upgrades de componentes. De pneus de alto desempenho e raios de inox pretos, ao câmbio traseiro X7. É algo difícil de se ver em dobráveis... um nível bem refinado para uma bicicleta desenvolvida em moldes de mobilidade. A velocidade de desmontável é uma das mais altas... altamente prática. Contudo, me pergunto porque uma bicicleta destas já não veio com um Nexus ou Alfine de 8 velocidades. Não consigo achar prática a ideia de câmbios com long cage em dobráveis. Primeiro pq o câmbio fica extremamente perto do chão pegando poeira... e depois que pra bater um câmbio assim é mais fácil ainda. Enfim... os projetos tem suas características, apenas acredito firmemente que os cubos de marchas internas terão mais aceitação em bikes de rodas pequenas. Brevemente apresentaremos o produto num todo... e aí sim virão as considerações de teoria e de uso. Iniciei os testes com ela... 
É relevante falar que esta versão não apareceu aqui no Brasil, pois é meio salgadinha. Nos EUA ela é comercializada em 800 dólares, o que daria em torno de 2500-2700 reais sem os impostos. Portanto com a tributação é provável que ela passe brincando por 4000-5000 reais. E isto seria um motivo para que realmente não aparecesse por aqui. Enquanto isto, vamos aproveitar esta aproximação que tive com a Dahon USA para debater, testar e questionar o modelo. Funcionando, partiremos para outros modelos...