sábado, 7 de maio de 2016

"Reorganizando a casa"... metamorfose do blog?

Farol do Albardão, 2005.
Imediações de Praia Grande, SC, 2015.
     Qualquer leitor observou que o Bikes do Andarilho deixou de ter aquelas postagens frequentes... tornou-se muito difícil produzir material autêntico com a falta de tempo. Todo domingo, muitos sábados, trabalhei... e durante a semana também. Então realmente chegou um momento que não havia mais tempo para envolvimento extra com a bicicleta... e quando havia uma folguinha, era a disposição que eu não tinha. Este foi um dos motivos pelo qual larguei a FGC, pq já não tinha tempo nem para mim e para os meus, nem para o blog e para outros projetos que estavam engavetados por longa data. Vamos retomar alguns projetos... não vamos retomar mais aqueles projetos reconstrutivos, já fizemos muitos! Eventualmente, se houver uma boa história junto, poderemos, mas este não será mais o foco. Vamos nos focar em passeios, viagens, roteiros, histórias de pessoas, em projetos diferentes como envolvendo cargueiras, longtails, fatbikes, dentre outras bicicletas curiosas e que possam ajudar outros ciclistas. 
Temos alguns roteiros de viagem para executar... estes serão roteiros, que se não forem publicados na Revista Bicicleta, serão realizados em uma nova ideia que esta por surgir. Nós somos dinâmicos, estamos a todo momento... esperando um novo caminho. Deixar a FGC é uma pena, mas sabemos que uma grande parte do mundo da bicicleta não pertence à competição. O consumo de bicicletas no mundo tem forte relação com mobilidade e entretenimento, e competições representam menos de 0,3% do mercado mundial das bicicletas, já contando os atletas de nível amador. A superação pessoal esta em ascensão, bem como a mobilidade e o entretenimento não competitivo é o líder nas vendas e utilização das bicicletas. Estes são dados que podem ser encontrados em diversos idiomas, variam de acordo com a cultura dos países, mas de forma geral eles são semelhantes em ordem de aquisição e tipo de uso. Um dos meus próximos projetos será visitar o farol que aparece no topo da postagem... o Farol do Albardão, localizado praticamente no meio da "praia mais longa do mundo", reside no silêncio do litoral do RS. Ele será nossa inspiração fotográfica... motivo para sair por aí. Agora com mais tempo, vou mostrar o que existe aonde a bicicleta pode nos levar.