sábado, 21 de fevereiro de 2015

Não é fácil... é bom e divertido!


 Neste momento... 5 horas da manhã e eu junto tudo e tomo um cafézinho pra deitar o cabelo para o Ninho das Águias. Hoje temos os treinos e qualify do DH da primeira etapa do campeonato gaúcho. Coisa boa... juntar toda galera, uma pena, apenas, que alguns de nossos amigos estejam nas escadarias de Santos. Uma pena pq matar a saudade de alguns ficará para a próxima etapa, mas pela diversão, sabemos que todos nós vamos dar boas risadas, independente de onde estivermos. Nós nos juntamos para isto, para aprender e para nos divertir... tá valendo!
É muito difícil conciliar a vida com tudo que temos... família, trabalho, diversão, mais trabalho. É difícil, mas é muito bom. A gente vai tocando em frente, vai vendo que é gratificante, e quando olha para trás percebe que se foram muitas descidas de DH, muitos kms de audax, muitas etapas, muitas provas, milhares de fotografias... e vc lembra dos rostos, dos sorrisos, e de tudo que vale cada gota de suor. Alguém me perguntou como era fazer tudo... e eu disse que era muito melhor do que não fazer nada, automático, divertido, compensador!
Muitas vezes tenho a impressão de que fiz muito mais do que podia... e possivelmente, no assunto bicicleta, tenho mais imagens e km rodados do que meus colegas. Isto pq não tive medo de fazer, nem preguiça, nem receio... Bom, medo eu confesso que sempre tive, medo de perder tudo isto. Eu já fiz tanta coisa que perdi as contas... quem me vê somente nas provas de DH ou qualquer outra modalidade individualmente, não imagina que estamos no batente a semana toda, todos os finais de semana. Acredite, todo final de semana tem alguma coisa com bicicleta e se não bicicleta, a gente arruma outra coisa pra fazer... pq não dá pra ficar parado. Eu fico entediado se ficar parado! Eu já fotografei muita coisa estranha, muita estrada com personagem que representa a bicicleta. Uns voam, outros deslizam, outros sonham... todos sobre bicicletas especializadas, de corpo presente ou sonho. Dormindo ou acordado, com bicicleta, só pode ser sonho! Meu apelo da vez é pela segurança... todo mundo, sempre atento a segurança. Na estrada do caminho pra lá estar, nas pistas, nas considerações, nas oportunidades todas! Se é fácil, não é... nem pra mim, nem pra ti, porque nós acordamos cedo pra fazer da vida algo mais. E eu vou lembrar... pode não ser fácil, mas é muito divertido. Eu tô de coração tranquilo, fiz tudo que pude, se um dia tropecei em algo, levantei, refleti, aprendi, ensinei, ajudei, recordei e agora sigo contigo. Tu vai ser minha lembrança, eu a tua, e a resenha disto se identifica pela palavra amizade! Roda pra frente... Te vejo logo ali.