segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

As coisas de ciclista... aquele momento!

Fotografia Roberto Furtado, 2014.
   Começar texto com depois... coisa esquisita, mas enfim, aqui é blog! E o blog é isto... é informalidade. Depois que um ciclista chega em casa depois de um pedal de natureza qualquer... vai tirando tudo dos bolsos e já se "gruda" num copo dágua. No meu caso, caneca dágua. A caneca que o Nícolas fez pra mim virou minha companheira... vai junto pra pescaria, trabalho no computador, trabalho de estrada. 
Cheguei em casa e tirei tudo dos bolsos... faltou apenas câmara reserva, canivete de ferramentas e as espátulas para conserto do pneu. Fica tudo por cima da mesa, a esposa reclama... diz: "Guarda tuas coisinhas, amor!"
Fica ali, por cima... dinheiro, telefone, identidade, gopro e mochila de hidratação. Estas duas últimas, estou testando. Coisa boa, foto do crime... diversão de pedalar. Chega em casa com preguiça, larga tudo em cima da mesa. Esposa reclama... mesmo assim, muito bom chegar em casa e ver quem a gente ama! É aquele momento... que tudo vale a pena!