sábado, 12 de julho de 2014

Giant Sedona... ATX series!

 Sem mistério... a bike da última abordagem é uma Giant Sedona. Geometria de top tube horizontal, quadro todo butted, em Cr-Mo. Hoje, dei uma volta perto de casa para ter as primeiras impressões do projeto. É uma excelente bicicleta e pretendo ficar com ela por algum tempo, para tirar mais impressões sobre a marca e modelo, já que raras bicicletas da Giant passaram por mim. O quadro é muito bem construído, possui soluções muito inteligentes. Os fixadores de bagageiro e paralamas são robustos e bem pensados. Os cabos se distribuem todos por cima, evitando areia e barro. Sistema de caixa de direção é de rosca, mas over... a caixa ainda é original. O canote tem medida 30.9mm, algo raro para a época... um dos mais fortes que vi até hoje, da marca SAKAE. Os pneus ainda são originais... estão ressecados, mas não estão deformados. Aguentaram a pressão e por isto vou utilizar para conhecer este componente que pode ser interessante, tendo em vista que raros pneus com 20 anos ainda estão em condições de rodagem. A marca dos pneus é Tioga, bem como as manoplas que foram removidas e que ainda estavam boas. Os cubos... são idênticos, shimano exage, mas estes que coloquei nela já estavam montados com estes aros da Araya e raios de inox. Os cubos que estavam nela estavam em 70%, e como preferi manter a mesma montada para uso, achei que precisava deixar 100% confiável. O Tchaka sabe o que faz... ele é meu braço direito, ou vice versa. A mesa e o guidão são de outra bicicleta, mas estão mais de acordo com minha preferência de uso. Evidente que não é uma bicicleta de performance, portanto justifica-se estas escolhas de montagem com guidão elevado, pedais tradicionais, etc. Quem vai correr compra uma bicicleta moderna... leve, geometria específica para provas. Esta tem perfil cotidiano, da mobilidade ao cicloturismo. Logo mais falo mais da jóia... Roda pra frente!