sexta-feira, 20 de junho de 2014

O que mata o esporte?

foto: Roberto Furtado
Muitas vezes vejo pessoas questionando a falta de iniciativa da mídia, de profissionais e de organizadores. Hoje é seu dia para obter a resposta quanto esta questão. De quem é a culpa ou responsabilidade pela falta de divulgação e de incentivo ao esporte? Bem, acredito que esta resposta seja bem mais complexa do que um texto de duas ou três páginas, mas o tempo que eu gastaria para colocar as minhas impressões para expressar isto não vira saldo em minha conta bancária. Então vou ser breve e vc terá que se contentar com esta resposta superficial. 
Hoje, descrevo uma história da bicicleta que pode ser observada desde 2008, quando comecei o Bikes do Andarilho. Naquele tempo, as empresas não ajudavam pq diziam que o trabalho ainda era jovem e não oferecia exposição suficiente. Hoje, elas dizem que não podem pagar por este serviço... em parte é verdade, outra é mentira. As empresas sabem que este trabalho que reflete diretamente na motivação do consumidor continuará existindo pela determinação de quem trabalha neste segmento, independente do valor existir. Quem faz isto... faz pq é apaixonado pelo ofício e pelo esporte. Se eu for muito simplista em uma resposta, vou dizer que o que mata o esporte é a falta de valor que a mídia recebe das empresas... também os elevados tributos impostos pelo governo sobre a bicicleta. Em resumo, vale mais a pena divulgar e trabalhar com automóveis ou motocicletas do que com bicicletas. Bicicleta é vista como brinquedo neste país, diferente de como é visto o futebol. Não importa se o mercado esta absorvendo bicicletas de 15-40 mil reais, pouco importa se os fabricantes de bicicleta popular estão vendendo mais bicicletas do que nunca se imaginou. O que importa é que eles tem um motivo para dizer não a mídia. Isto, o consumidor deve saber... e onde reflete a falta de investimento neste segmento? Reflete em competições de baixa qualidade de estrutura e operacional, reflete na ausência de matérias e profissionais de qualidade... todos se cansam deste mercado medíocre, partem para mercados ricos em investimento como o do futebol, dos automóveis, bebidas alcoólicas, etc
Você sabe como se mata o esporte? Se mata o esporte quando vc não dá valor para ele... e o valor que ninguém dá se gera da maneira mais interessante, que é matando os profissionais no cansaço. Eu vou seguir fazendo... mas advirto, fotografar e cobrir eventos esportivos, ditas competições, já não é minha prioridade.