sexta-feira, 30 de maio de 2014

Poeira que não assenta... é pensamento que roda o mundo!

Vale verde, 2013. Foto: Roberto Furtado. 

Tenho pensado muito nas pessoas... como nunca pensei antes. Acho que vejo muito mais pessoas boas do que via antigamente, e atribuo isto a bicicleta e a direção que segui durante alguma parte do trajeto. O fotojornalismo foi o maior presente que Zeus me deu... Pena que tarde sob alguns aspectos, por outro lado, talvez eu não estivesse pronto. Tenho pensado muito em pessoas, tenho também pensado muito em lugares amplos, que representam a liberdade e o livre arbítrio da expressão. Vejo que muita gente confunde crítica com represália. Respeito toda crítica que a mim é dirigida, posso não concordar, mas respeito. As pessoas não se deram conta ainda que democracia verdadeira é aquele em que vc aceita o discurso de um sujeito, mesmo que discorde da linha de pensamento, mesmo que não goste do autor. Aceitar a necessidade de discutir, permitir que a pessoa se expresse, mesmo que pareça equivocada, isto é democracia. A sociedade vai ter que aprender muita coisa ainda para bater no peito e se autodenominar democrata!
Nunca estive tão perto de ser eu mesmo... as pessoas caminham a vida toda para serem elas mesmas! Livre de qualquer influência política, religiosa, e até social! Estou cada vez mais perto de ser um Andarilho de mente livre. Digo que a poeira não assenta... e explico, o movimento que impede a poeira de assentar sobre o solo é incessante, tal e qual meu pensamento. Coisas de andarilho...