segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Perfil... Alex Magnum, da Vélo Courier!

 Este é um espaço destinado a valorização e conhecimento do perfil de um ciclista. Ciclistas são ciclistas... A figuração conceitual que a bicicleta e seu usuário transmitem são insuficientes para descrever o valor humano e social que há nas histórias. As histórias são variadas como são os rostos. Somos todos diferentes! O valor esta exatamente nas diferenças, neste enriquecido calor humano capaz de gerar opiniões diferentes. Se as pessoas são assim... também se cria um diferencial quando se soma a famosa bicicleta! Novas experiências, oportunidades e histórias únicas formam este universo ciclístico. O perfil é uma oportunidade de aproximar e de demonstrar o que são os ciclistas. Seja cada um como for, todos são únicos, insubstituíveis, valorosos. As histórias são únicas, as amizades também... e o crescimento que cada um pode trazer para a bicicleta na sociedade é a força que um dia vai nos colocar em um patamar de muitas vantagens para a humanidade. A bicicleta veio para ficar... estas pessoas vieram para mostrar porquê a bicicleta é necessária: Este é Alex, um mensageiro, um entregador, um bike courier! Com três perguntas básicas apresentamos este ciclista de Porto Alegre. 

- quem é este ciclista?
Me chamo Alex Magnum, tenho 21 anos, habito o trânsito de Porto Alegre tanto a trabalho quanto a lazer. Creio que possa me considerar um atleta urbano, quais as conquistas não vão muito além do simples ato de ir e voltar intacto. Pedalo todos os dias cerca de 50km.

- como começou na bicicleta?
Comecei a pedalar devido a convites de um amigo e, um dia saindo da aula, a Massa não me permitiu subir no ônibus - vi um cara vestido de bailarina e resolvi ir correndo junto o resto do percurso pra não ficar tão inerte. Logo após comecei a pedalar um tanto quanto bruscamente, percorrendo de 15 a 30km para visitar um amigo distante e também para ir ao trabalho, que era na Sertório (moro na Tristeza), então aprendi na melhor teoria - a prática.

- acredita que a bicicleta pode mudar o mundo? Como?
A bicicleta já mudou o mundo, agora está mudando as pessoas. Eu não estive lá, mas creio que o mundo mudou quando descobriu que duas rodas era a solução para um deslocamento eficiente.
Pedalar é um ato político, é influenciar diretamente nas mudanças no lugar onde se vive e quer viver. Movimente-se, pois o único defeito da fala é que ela não passa de ondas sonoras dispersas pelo ar, já o movimento - o movimento é a transcrição visual e física de que é possível realizar o inimaginável. Uma cidade e um trânsito mais humanos dependem só de nós. Pequenas atitudes resultam em grandes mudanças. Seja a mudança.

Alex exerce a atividade de courier por meio da bicicleta. Realiza diversas tarefas envolvendo transporte em locais diversos e que cruzam a cidade em um único dia. Ele e outros brilhantes ciclistas por vocação enfrentam o trânsito diariamente. Acreditam na função, nos princípios naturalistas e esperam o trânsito evolua para uma aceitação prática do ciclistas nas ruas, de acordo com as promessas do CTB (código de trânsito brasileiro). A bandeira que Alex levanta é da paz! Para saber mais sobre os serviços prestados por Alex e seus colegas, acesse a página oficial do nosso aventureiro do cotidiano: velocourier.com
Não esqueça o leitor que há uma questão importante quando for comparar motociclistas entregadores aos ciclistas entregadores. Ciclistas são silenciosos, não poluentes, raramente se envolvem em acidentes, garantindo a integridade do bem de entrega. Avalie as diferenças, avalie o mundo como esta e pense se esta não é uma grande iniciativa que promove a paz no trânsito e outros benefícios a sociedade. A responsabilidade é um grande atributo da Vélo Courier! - "Alex, estamos contigo!"