terça-feira, 29 de outubro de 2013

Não tenho certeza...


O mar de reflexões é natural naqueles que perguntam o motivo ou questionam a direção certa na estrada da vida. Recentemente, ocorreu grande polêmica sobre os testes com animais, também com a impunidade do mensalão e outras peripécias lançadas ao vento neste Brasil. Aqui é uma terra grande, parece infinita para quem por ela pedala ou caminha. Certa vez olhei para o horizonte e me perguntei pq muitas coisas acontecem de forma errada quando são decisões humanas que as tornam realidade. As respostas, pra variar, não vieram com clareza... são dedução de momentos iluminados. O homem faz o que quer, pede o que não pode ter, deseja sempre mais do que deveria. O que dizer de seres humanos que possuem este comportamento?
Enquanto eu olhava para o horizonte percebi que não há deus, nem rei, tampouco mãe ou pai que possa nos proteger de gente que prefere vencer derrubando quem ou o que estiver pela frente. Esta estrada é uma aventura sem volta para muitos... tanto para aqueles que causam transtorno, quanto para aqueles que estiveram no caminho por desgraça do destino. Eu não tenho certeza de que as coisas vão parar ou melhorar, deixar de degradar a ordem ou os bons princípios. 
Outro dia, enquanto eu oferecia um par de pedais cliples retirados de uma das minhas bicicletas, um interessado se manifestou. Deu endereço de um terceiro, nome de um terceiro, e realizou depósito em minha conta através de envelope. O detalhe... envelope vazio. Sabendo que o banco estava de greve, o mau caráter insistia para eu enviar o material. Eu disse que era para ele buscar o envelope na agência, que estavam esperando... Após muito insistir e nada de depósito aparecer, perguntei a ele se preferia que fosse com um amigo de viatura devolver o dinheiro dele. Por fim, bloqueou-me no facebook, depois deletou seu próprio perfil... e agora eu já sei que ele têm um perfil novo, com nome fictcio. Ele atendia por Paulo... e estamos tentando localizar seu endereço, apenas para não ficar impune. A questão toda... se as pessoas fazem tudo isto por 50 pilas, então imagina por milhões o que outros não fazem?
Não tenho certeza de que as coisas vão melhorar, mas eu vou fazer o que estiver ao meu alcance para pensar em novas realidades, destruindo estas intenções da malandragem, do oportunismo, do aproveitador, seja caro, ou barato! Não tenho certeza de que consigo... mas vale tentar! "Eu tô procurando vc malandro, eu vou te achar!"´
E pq eu contei esta história? Contei para que vc fique esperto... estes tipos existem em quantidade!