sexta-feira, 21 de setembro de 2012

As imagens do Mundial Master de Balneário Camboriú 2012

1º dia de Mundial Master BC 2012
A ansiedade tomou conta de diversos colegas. Raras vezes demorei tanto para "entregar" uma coleção de imagens, mas existem prioridades, outras tarefas, e o volume de recordações foi grande. O que seria do mundo sem a fotografia... contudo, porque tantas? Ora, quem fotografa mais, certamente lembrará mais pessoas. Esta uma filosofia de quem clica muito. Claro que temos muitas fotos semelhantes, principalmente as de sequência, presentes neste primeiro bloco. Sim, precisei dividir... esta primeira leva é do primeiro dia em que trabalhei por lá. A sexta feira dia 14 rendeu estas 400 e poucas imagens. Cara, foi tão legal estar lá... dá até dó que o próximo ano não vai ter por aqui! Quem foi, lembrará... e quem não foi, bem, ficará com o vazio. Não dá pra lamentar, o esquema é curtir as fotos de quem fez. Tentar resgatar um fragmento do que foi este palco, Praia das Laranjeiras... com céu de teleférico, fundo de mar lindo, morros verdes, ciclistas voando. Bandeiras ao vento, países diversos, e idiomas que as vezes nem reconhecemos, de tão estranhos. Os irmãos castelhanos, entre nós latinos, gringos, todos nas pistas, no pódio, na platéia, na esperança de encher os olhos. Tombos... alguns, nem tantos quanto eu esperava. Os 550 inscritos no XC e no DH eram suficientes para engarrafar o bondinho. No evento, revendo colegas, amigos e ciclistas que há tempos não via. Durante o dia, pura alegria, a noite a inquietação até a hora do sono. Prova deixa qualquer um agitado... mesmo agitado, cansaço elevado, deita na cama, e apaga! Queria fazer um apelo... ano passado fui roubado por batedor de carteiras, este ano me cuidei ao máximo, avisei a todos que são próximos. Este ano roubaram uma bicicleta lá... Tinha policiamento, tinha segurança, mas malandro é malandro sempre se infiltra. Peço que cuidem uns dos outros, chamem a atenção para material que dá sopa para bandido. Cuidemos uns dos outros, e quem sabe se conseguimos pegar os malandros, ou até mesmo evitar qualquer transtorno. Vale para Balneário Camboriú, vale para Bento Gonçalves, vale para o Brasil Ride, e qualquer lugar. Onde tem pessoas, tem risco... verdade que em BC parece que tem muito mais, segundo informações do escrivão da Delegacia de lá! 
Voltando as imagens, tentarei aprontar tudo para esta próxima semana, até lá, curtam estas do link abaixo da imagem. Agradecimentos a Revista Bicicleta, mais uma vez, por todo apoio. Quem planta, colhe! Obrigado!

Roberto Furtado