terça-feira, 3 de julho de 2012

Nas ruas de uma Porto não muito Alegre... Roda pra frente!

"Há muito tempo que ando, nas ruas de um Porto não muito Alegre, que no entanto, só traz encantos, e um pôr-do-sol lhe traduz em versos..." 
Hoje acordei pensando no cotidiano, nas obrigações, e na rotina... que no meu caso não é tão padronizada, mas que assusta de mesma forma. Os anos vão passando, e vamos percebendo que muitos dos sonhos não foram realizados ainda, que o prazo é estreito até mesmo para sonhar. Então, ao voltar do dentista, me peguei pensando em tudo que fazemos, tudo que gostaríamos de fazer, e tudo que deveríamos fazer. Sonhar... sonhar, sonhar, sonhar! E em meio a sonhos, efetivar! Concretizar através de feitos, de olhares, de inspiração. Cara, pega tua bike, e vai... pedala! Pega tua esposa, e vai viajar, coloca como prioridade, pois o tempo vai passar, queira você ou não! Senta em frente ao video, assiste, e pensa... eu também fui um menino, de funda na mão, literalmente "pisei na fogueira", e corri pelas ruas de uma Porto Alegre muito estranha, onde era possível também, ser feliz!
Uma grande noite a todos que compartilham deste tipo de sentimento, onde cresce sempre a esperança. Roda pra frente...
Roberto Furtado