segunda-feira, 18 de junho de 2012

A Elite Brasileira do DH fazendo o Show no Morro Ferrabraz!

Gabriel Lanfredi ao lado de Maicon Zottis
O dia começou com aquele chuvisco, no rosto de todos, o incomodo com o cabelo molhado pela chuva bem fininha. Na pista, um patê! Os pneus das bicicletas estava "grudando" no chão, não soltava! Fazendo os ciclistas fazerem força muito maior para andar mais devagar. Os menos experientes, frequentemente apareciam empurrando as bikes durante o treino... pneus emplastados de barro, e rodas travadas. Pneus furados, a laje escorregadia, e a curva que surgia logo depois. Uma pista difícil quando esta molhada.  
Na disputa acirrada pelo podium os meninos voadores do downhill fizeram um espetáculo mais uma vez. Lucas Bertol chegou 2 segundo atrás de Zottis e 1 segundo atrás de Gabriel. Zottis ganhou também a etapa anterior, provando que esta de volta pela briga do título. Entre primeiro e segundo, terceiro lugar, ou entre os 5 primeiros do pódio, sabe-se muito bem que o tempo de um segundo numa prova de DH  é determinante do resultado. Os 5 primeiros são sempre a sugestão para o lugar mais alto, e os seguintes são esperança realista de provas futuras. Na ausência de um, o outro estará ali para garantir. Etapa atrás de etapa são contados os pontos que ao fim expressam o melhor entre os melhores. 
A prova foi realmente emocionante... O pai de Gabriel, Alexandre Lanfredi, estava emocionado ao ver o filho fazer excepcional tempo de prova. "Foi apenas 1 segundo de diferença!" Reafirmando o óbvio, o filho é um campeão e esta entre os nomes apontados para o futuro. O presente é espetacular, e o futuro é uma semente que se planta hoje. A nova geração de DH é um terror... rasgam as pistas, levantam barro e voam rápido mesmo com pista pós chuva. Aqui não é brinquedo... é terra de lendas, meninos fantasmas, mitos, e chimarrão. 

Roberto Furtado