segunda-feira, 7 de maio de 2012

Carlos Barbosa na história do Downhill 06.05.2012






O Downhill Urbano de Carlos Barbosa superou a expectativas de muitos ciclistas e espectadores. A cidade agradável e organizada, por meio da Prefeitura e da Secretaria de Esportes possibilitou um evento com a participação de 75 ciclistas que aprovaram a estrutura e a "pista". Pista? Não havia a tradicional pista... estamos a falar de um DHU, onde o caminho previamente determinado e sinalizado iniciava dentro de um caminhão baú da Plimor, logo o ciclista descia um conjunto bastante técnico de escadarias, e após pedalar por alguns metros encontrava um grande desafio... Um desvio para aqueles que preferiam, em uma pista super inclinada onde não era possível descer a pé! Ou pular sobre um vão livre de três metros até uma rampa. A altura destes obstáculos ultrapassava cinco metros... e não parou por aí. Depois disto, num sprint forte até o interior de um prédio em construção, saltavam sobre a rampa que aparece na última foto deste post. E não acabava aí a prova... havia mais um salto sobre a plataforma de uma carreta, e após a curva final outro salto. Este último salto era de grande receio por parte de vários ciclistas, embora não fosse tão alto como os prédios. O receio era errar e cair fora da rampa, caindo sobre o pavimento que era de paralelepípedos de basalto. Na irregularidade deste piso se escondia o perigo... quem esteve lá imagina perfeitamente o que se temia. Felizmente, quase todos sairam ilesos e o espetáculo foi garantindo. Residentes da cidade e das proximidades visitaram em peso a prova, tomadas oficiais na parte da tarde. 
Todos envolvidos estão de parabéns. Esta foi a certeza de que aqui no RS se consegue promover provas espetaculares como o DHU de Bento Gonçalves 2011, e agora esta para consolidar um marco na história do DH gaúcho. O RS passa a sr uma referência nacional em DH, com participação frequente de ciclistas de SC e PR. O crescimento e reconhecimento do downhill é maior do que em outros esportes da bicicleta, e isto se deve a uma nova cultura criada no Brasil. Continuemos apostando pra ver onde chegará o DHU.
Para ver mais da prova, acesse este álbum com 330 imagens.

Roberto Furtado