sábado, 26 de novembro de 2011

Uma bike para estudar... ir estudar! 1ª Parte

Tem muito tempo que penso em voltar a estudar. Estudar é muito bom, não do jeito que descrevem... mas digo que são centenas de oportunidades para vivenciar. Colegas, contatos, uma rotina de raciocínio que pode levar ao novo. O tempo não é farto para mim, tampouco o dinheiro, mesmo assim resolvi apostar. Vou fazer algo que pode enriquecer minha história com a imagem... escolhi produção audiovisual. Curti este lance de video, foto, composições! E sabe lá onde o mundo levará... A idéia que tenho é usar a bike para ir e voltar da faculdade. Pegarei a bicicleta, vou até o centro de Porto Alegre, e lá pegarei o trem. Desço na parada da universidade, pedalo mais uns 1500 metros, e estou lá. A distância total é de uns 30 km, talvez pouco mais. Farei uns 8-10 km de bicicleta, e o restante fica por conta do trem. Aproveitar a vida é também uma questão de oportunizar a bicicleta em nossas vidas. No trânsito caótico que há na estrada, penso que o tempo seja pouco maior de bike + trem. Nada de especial, apenas mostrando que tenho intenções sobre a bicicleta. E desta forma deixará ela de ser apenas um veículo de lazer na minha vida, já que raras vezes dependo só dela. Agora, as coisas mudam! Quero fazer um teste para ver o tempo aproximado que preciso para realizar todo trajeto.
Me preocupa se a universidade possui uma boa segurança para deixar a bicicleta no espaço destinado para tal. Veremos como será. E antes que alguém pergunte, a foto deste post fiz para a Revista Bicleta. Representa mobilidade urbana!

Roberto Furtado