terça-feira, 1 de novembro de 2011

Garimpo de peças incomuns e a relação do novo horizonte!


Outro dia, passei na loja de um amigo e me deparei com esta peça... ela tinha preço remarcado. Estava por 20 reais. Uma mesa Nitto para espiga std, sistema aheadset. Algo bastante incomum, possivelmente alguma encomenda realizada de forma incorreta. Felizmente para uns, e infelizmente para outros, enganos acontecem. Desta forma, garimpadores das peças perdidas encontram jóias incomuns. Me pergunto pq algumas pessoas vão atrás do tradicional, enquanto outras não se conformam com peças encontradas "a varrer" nos balcões das lojas. Talvez seja preciosismo, talvez ilusão... quem sabe um pouco de capricho em meio a bikes deficientes, desespiritualizadas? Quem sabe?!?! Não sei... talvez seja apenas excesso de um biker que busca o novo todos os dias. Possivelmente a mesma diferença que leva alguém um pouco mais longe na trilha, a dúvida do que vem depois da curva... talvez como na vida. Uns sentam, outros voltam, e alguns seguem adiante para ver ao dará a estrada de chão batido. Muitas vezes, o ciclista ou andarilho vai chegar em lugar algum, mas talvez ele será o descobridor de um novo lugar. Um lugar ao sol, um lugar para o repouso com paz, talvez belas fotos. Quem ficou sentado, ou voltou, logicamente deixou de viver o novo. Se isto serve para o mercado de trabalho, serve para a trilha da vida, serve para o errante. Contudo, entenda da forma que realmente importa. O que importa é como você se sente... não precisa ir até o último posto de uma empresa, ser promovido até o fim. Afinal, possivelmente, escolhas serão feitas, e outras oportunidades da vida serão deixadas pelo caminho. Seja feliz... o andarilho sabe o que busca. E muitas vezes, a resposta esta dentro do coração... Não exagere, seja tolerante consigo mesmo! Na busca por algo, seja peças de bicicleta, um emprego, uma boa foto, só o que importa é seu estado de espírito!

Roberto Furtado