segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Downhill Urbano... mais de 5000 espectadores!

Não tinha muita gente? rsrsrs

Voador?

Escadaria de pedra...

Voando...

Meninos que voam!

Ico Thomaz

Markolf... outra vez campeão!
Quando recebi o convite do Marcos Lorenz, presidente da FGC, para fotografar o evento do dia  02 de Outubro, pensei que a prova seria como todas as outras. Esperava uma prova linda, alegre, e com  ciclistas e familiares. Para minha surpresa, e para de todos, Domingo a tarde, a cidade de Bento Gonçalves recebeu  mais de 5000 espectadores para a prova. Moradores das cidades vizinhas, de localidades distantes, surpreenderam a organização, ciclistas... e acho que até a prefeitura de Bento Gonçalves ficou supresa. Tal visitação se deve ao esporte ganhar um importante reconhecimento. A prova é diferente! A prova é difícil! Alguns poucos atletas se machucaram, pois descer escadarias, pular de um rampa em escadaria, não é para meros iniciantes. É para ciclistas experientes no assunto da modalidade mais radical do ciclismo! Downhill urbano, agora é uma realidade na região sul do Brasil. Este foi o primeiro Downhill urbano do sul do Brasil. E pelo visto, teremos muito mais... Neste, entre atletas, ciclistas de SC, PR, RS e do Chile.
Durante o evento compareceu a RBS na figura de Ico Thomaz e equipe, no albúm de imagens se comprova esta grande presença carismática.
Seria um sonho acreditar que todas as modalidades de ciclismo pudessem receber o mesmo reconhecimento como esporte, onde somente o futebol ganha valorização neste País. 
E o mais bonito de tudo... entre atletas, familiares, amigos, e a organização, a sensação e a receptividade em boas conversas, um clima alegre. Definitivamente, o Downhill parece uma família. Aquele clima gostoso de colégio, onde todos se conhecem... ao meu ver, muito melhor. 
Parabenizo a organização, a Prefeitura de Bento Gonçalves, a FGC, e aos atletas por um evento tão bonito. Foi show, um espetáculo jamais visto antes! Fica agora, aquele gostinho de saber que logo deve ocorrer outro, se tudo der certo, em Bento Gonçalves.


Roberto Furtado