quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Um mundo melhor... por devaneios!


Todo dia nasce e dorme... uns com nuvens, outros de céu azul. As pessoas passam de cá pra lá... todos os dias, palavras são ditas, jornais são abertos, televisores, computadores e rádios são ligados. O poder da informação vai e vem, é impressionante! A informação chega num segundo! A reflexão é possível todos os dias naqueles que pensam em crescer e ajudar. Ajudar não é pegar um punhado de moedas e jogar no pedinte. Ajudar é dizer uma frase amiga, comportar-se com gente neste trânsito maluco, ajudar verdadeiramente... ser gentil! Pq as pessoas não conseguem ser boas umas com as outras? Pq não conseguem ajudar? Pq olham para a bicicleta como algo que prejudica o tempo da sinaleira? O que há com as pessoas? Eu sou assim? Você é assim?
Não seria muito melhor se teu vizinho chegasse do super em uma bike com sacolas? Você, do trabalho numa bike. Os pqs são tantos, e as respostas tão ralinhas...
A gente sai nas ruas, cuidando pra não baterem a nossa carteira, celular, bicicleta... o instrumento de trabalho, pode ser tirado a qualquer hora, para virar capital na mão de medíocres. Não teria uma maneira de acordar, sereno, sem perder a inocência por ser roubado? 
Estamos indo mal... muito mal. Se a não formos bons uns com os outros, logo ali acabaremos. O mundo esta acabando, não? Não basta ele andar num carro que poucos tem prazer de desfrutar, precisa tocar por cima da bicicleta? Seria bom se as árvores dessem frutos na calçada mesmo... e fossemos só ali pegar. Me canso de ver pássaros mendigando pipocas em esquinas... E tem gente que acha isto bonito!??!?!?!
Cara, eu queria sim um mundo melhor... Hoje não estava inspirado para escrever, mas mesmo assim, queria um mundo melhor.

Fotógrafo, sonhador, ciclista, andarilho... Roberto Furtado