sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Espectativas para a Bike Expo 2011

tre3e.com
Um caminhão de espectativas... esta é a melhor expressão para ansiedade que tenho neste assunto ciclístico. Embora um momento de crise mundial, vive o Brasil uma época muito boa no crescimento do comércio de bicicleta. A febre ciclística atinge muitos bikers. O público biker esta mudando... crescendo! O conhecimento sobre bicicleta em tecnologia, e relações humanas relacionadas esta mudando. Todo dia isto é abordado aqui ou ali... quem estiver ligado no mundo da bike, já percebe e vai perceber as mudanças a curto prazo. Antes da copa do mundo no Brasil, a bicicleta vai bombar por aqui... e vai ser uma vergonha para todos nós a falta de infra para a bike. Sei que o consumidor esta amadurecendo, e percebo que os segmentos relacionados estão atentos para isto. O que teremos na Bike Expo... um release esta no site do evento, mas sabemos que ali não aparece metade do que vai ter. Vai ter surpresa, não tenho dúvidas...
Seria muito bom se chegássemos lá, e víssemos bikes como a da foto. Onde o calor que mancha o tubo é valorizado como arte no processo de fabricação de maravilhas como estas de Cr-Mo, onde o metal de solda parece ouro, onde a mão corre na superfície e sente o acabamento lisinho mesmo com ausência de tinta. Isto parece sonho por aqui, mas temos condição de fazer isto aqui dentro... podemos! Se podemos, devemos, e não precisamos trazer de fora, embora isto seja extremamente saudável. Não precisamos apenas comprar... podemos fazer, podemos exportar. O Brasil é o 3º maior produtor de bicicletas do mundo... e só fabrica isto que é possível ver em lojas.
Em meio a espectativas, aproveito para cutucar... olhe o produto nacional, compare com o importado de qualidade, entenda o problema... e então, ache a solução.
Roda pra frente, pq a Bike Expo 2011 esta na contagem regressiva.

Roberto Furtado