sábado, 30 de julho de 2011

World Championships 2011 Balneário Camboriú - 3º post





Aos poucos vou colocando mais fotos no link do Mundial Master de BC. A verdade é que dá um trabalhão realizar uma triagem, tratar. Fiz muito mais fotos do que precisava, frenar o dedo disparador da máquina era necessário. Agora, é tarde! Ainda soube que tinha colegas que estavam lá para fazer 1000 fotos por dia, e fico pensando quantos anos eles levarão para tratar as imagens, se é que o farão. Alguns não precisam, outros acham que não é necessário, pois o leigo não compreende a diferença. Penso que o fotógrafo esta lá para fazer o melhor, talvez o impossível, já que muitas vezes durante a prova havia pouca ou má qualidade na luz. Eternizar um momento é preciso. Um pouquinho de arte não faz mal... muda a técnica, desfoca um pouco, tira as cores, aumenta o contraste, e o efeito as vezes fica bonito, nostálgico, eternizado. As vezes dá pra ver os olhos do "lunático" que desce a ladeira, e na mente de quem nunca sobe numa bike nem mesmo no plano liso, deve ficar a bateção na cabeça e o pensamento em voz baixa: " Este cara é louco!"
Pode até ser... Contudo, olhe bem nos olhos dos ciclistas onde é possível enxergar. Olhe bem... Eu, vejo alegria, desafio. Não vejo insanidade, e sempre lembro. Quando rompi os três ligamentos da clavícula, pedalava no plano, talvez estivesse a menos dos 27 por hora que fazia de média. Quem é louco? Quem perde sua vida em frente ao PC? Ou quem arrisca cada segundo por uma nova experiência? Resposta que somente o próprio individuo pode dar, mas aqui, nas páginas mal escritas por este andarilho, prevalece um tipo de ditadura. E a pregação, forma de imposição que determino... é seja feliz! 
Meus parabéns a todos o meninos e meninas, sonhadores, voadores sobre o barro do Mundial Master de Balneário Camboriu! E que venham os próximos... eventos, e corajosos ciclistas.

Roberto Furtado