quarta-feira, 20 de julho de 2011

Para o dia do amigo... 20 de Julho!


Ciclistas podem entender muito bem o verdadeiro sentimento de amizade. Ciclistas são fortes, e são sensíveis ao mesmo tempo. São fortes para enfrentar a distância, a chuva e as adversidades da estrada. Se por um lado são experientes e conhecedores dos problemas da vida sobre a bike, também são sensíveis para entender as dores do corpo, da superação, de quedas, e de outros desafios. Ciclistas são vencedores, independente da posição, velocidade, tempo e proposta a que foram submetidos. Um ciclista tem tempo para pensar sobre a bike, pq a velocidade permite isto. A reflexão, o tempo do coração entre uma batida e outra, uma respirada funda, e então a explosão, capaz de o deslocar em grande velocidade, ou simplesmente superar um Audax de 1000 km. Que seja... que seja 10 km, ou 1000 km. Aquele ciclista que ao seu lado tem um amigo, que pode ser um adversário em pista, ou um colega de equipe, entende estas linhas mal escritas, ás vezes confusas sobre conceitos de relações humanas. A vivência garante isto! O amigo que ajuda a trocar pneu, que espera o auxílio ou reparo da bike, que atravessa a madrugada fria em parceria. Este é o verdadeiro amigo!E quem entende, entende... quem não entende, que dê jeito de entender, e assim viver muito melhor.

Roberto Furtado