terça-feira, 14 de junho de 2011

Contagem regressiva para o Audax 400 km da SAC


Contagem regressiva para o Audax 400 km... aqui começam os problemas e as alegrias dos audaxiosos. Se aqui chegaram é pq podem, mas não esqueçam de manter a humildade, serenidade e concentração. Aqui é frio, sempre tem o agravante na possibilidade e chuva, e até os companheiros começam a ficar escassos. Como na guerra, na vida, e na sorte... poucos vão adiante. O gigante é cruel, mas não esqueçam que se por um lado existe um terrível gigante de 400 km, por outro lado surge uma equipe formidável de voluntários recrutados pela Ninki. No mínimo, carona para casa terão... e aqueles que conseguirem dar o tombo no gigante, levarão não somente a medalha e brevet para o futuro, mas terão uma sensação única de vitória, que poucos entendem. E como diz o amigo Bagatini, "até posso ser louco, mas não sou o único!" 
Bem vindos ao "selvagem" clima gaudério, onde todos são amigos, e onde o sereno vira gelo!

Roberto Furtado