terça-feira, 12 de abril de 2011

Tombo no ciclista... Andarilho em off!


Gostaria de poder escrever tudo que estou pensando, mas estou com o braço direito imobilizado pelos próximos 20 dias. Talvez mais! Durante um passeio, encontrei pelo caminho a distração... e nela escondia-se um olho de gato de sinalização da via. Naquele instante foi tudo tão rapido, verdadeiramente rápido! E nesta sucessão de acontecimentos repentinos, estava também a invisibilidade do guidão, que acabou não sendo mais encontrado por minhas mãos, e logicamente fui ao chão. Estava a cerca de 27 km/h, velocidade de cruzeiro, já tinha feito 65 km e não estava cansado. Na ordem desconhecida do tombo até a imobilidade total, queimei o cotovelo no asfalto, bati violentamente com o ombro no chão, ganhei um ovo de respeito na canela esquerda, e algumas escoriações mais leves. O resultado foi pressentido por fortes dores, mas a vida de Andarilho sobre a bike guardava uma destas. Talvez, apenas para alertar amigos, talvez destino. A constatação por especialistas, descrita como rompimento dos ligamentos da clavícula, luxação tipo 3, onde são rompidos completamente. Dentre as recomendações a instalação de um grampo que atravessaria a clavícula e seria fixada na escápula. Na segunda opção, apenas tipóia e cuidados redobrados para repouso do braço. Hoje dormi muito mal... não consigo trabalhar direito e sei que os próximos dias serão difíceis. O trabalho bate a porta, mas não posso realiza-lo. Coisas da vida! Então justifico minha ausência, contrariado, mas lembrando que no dia seguinte mora a esperança, a paciência e os desejos de pedalar nas ruas e nas linhas deste blog. Se sentirão a falta, fico feliz... é pq sei que fiz um blog que dá muitas alegrias.
Um abraço e até daqui a pouco!

Roberto Furtado