segunda-feira, 25 de abril de 2011

Peças old school... Novas? Garimpo!


cambio dianteiro STX 31.8mm
Cambio dianteiro deore LX 28.6mm
cambio dianteiro XTR 28.6mm
pedais welgo para pedaleiras

Encontrar peças old school é tarefa difícil. Hoje, distante a mais de 10-15 anos da década de 90, estas estão escassas. Quando achamos, temos obrigação de comprar. Num garimpo de estoque de uma loja antiga, encontrei algumas peças. Logicamente não foi barato, pois peças antigas e novas... só estavam na loja pq não estava com preço de barbada. A questão é se estamos prontos para desembolsar cifras altas por peças antigas, e teoricamente ultrapassadas. Sabemos que peças shimano da década de 90, além de compatíveis com as atuais, funcionam perfeitamente. Para ser sincero, não vejo grandes diferenças entre um XTR antigo e um novo, considerando por exemplo o desempenho de cambios dianteiros, ou de peças cuja tecnologia não se alterou.
Hoje comprei também, um trocador ergopower Campy Mirage, estado de novo... rodou 50 km. Este vou guardar para um projeto do futuro, carta na manga, um Bernardi que precisei estacionar após uma tentativa de remover o movimento central.
Para provar que tais peças existem, fotografei alguns cambios dianteiros que encontrei na loja que os possuia.
Cambios dianteiros com braçadeira de 28,6 mm, perfeitos para quadros de cr-mo da época. Agora resta saber quando encontrei outras peças, para que desta forma seja montado um conjunto. Quando achei estas peças, quase desatei a chorar, de emocionado em alegria que fiquei. Encontrar peças old school é definitivamente baseado em sangue, suor, e lágrimas. De ombro danificado, sigo na caminhada... old shool, cr-mo, marcas que não existem mais, e a crença de que na década de 90 era tudo mais bonito, tudo tinha mais sentimento.

Roberto Furtado