segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Pneus Kenda Kwest na GT Corrado



Como havia citado outro dia, as semelhanças de rodado entre a GT Corrado e a GT Outpost me levaram a trocar a configuração da GT Corrado. Optei desta forma pq acredito que a GT Outpost esta mais adaptada para carga, estrada acidentada e tal. Também pq a GT Corrado possui quadro mais leve, e a redução da medida de pneus favoreceria este ponto, fazendo a escolha ainda mais coerente. Não me preocupo muito com isto, mas tento dar lógica as mudanças. Fiz um passeio de 25 km na sexta feira, e gostei bastante da nova configuração. É claro que ficou muito mais dura a bicicleta, pois o pneu é um "amortecedor" simples, capaz de eliminar ou reduzir a maioria das irregularidades pequenas e médias do pavimento. Pneus não podem ser comparados aos atuais amortecedores de qualidade, como fox, rock shox e manitou (ou outros), no entanto sabe-se que bikes tipo speed não possuem pneus ou amortecedores, fazendo assim a fama de bikes "duras". Tudo isto é muito questionável e sou capaz de afirmar que configurações melhoradas e quadros de qualidade são capazes de minimizar os piores desconfortos. Haverá loucos e preferência para tudo... a exemplo meu e de outros lunáticos admiradores de bikes de Cr-Mo, como somos vistos nas lojas na atualidade. O fato é que a alteração realizada na Corrado fora de pneus 26 x 1.95 para medidas 26 x 1.5, redução de aproximadamente 25% de medida, e possivelmente muito maior de capacidade volumétrica em ar. Existem diversas considerações a fazer com relação a estas mudanças, no entanto para não ficar extenso, resolvi citar algumas das mudanças. A alteração resultou em prós e contras, listados abaixo:

Prós
- melhor rendimento da bike;
- melhoria na manobrabilidade;
- arrancadas e retomadas mais rápidas;
- redução de peso;
- design mais urbano e clean.

Contras
- alteração da configuração do velocímetro;
- encurtamento da relação de marcha final;
- fragilidade em relação aos grande efeitos do pavimento;
- perda de conforto; 
- redução de aderência e frenagem.

Como sempre, estas considerações tem caráter pessoal, não comercial e servem apenas como forma de opinião a interessados na mudança. Recomendo que estudem bem toda alteração para evitar frustrações ou surpresas.

Roberto Furtado