segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Bicicleta x alagamentos

www.bbc.co.uk
Com tantos alagamentos, logo se vê o caos formado nas cidades brasileiras atingidas. Exceto pelas tragédias lamentáveis que estão ocorrendo como extremo a estes problemas, a citar Nova Friburgo e Teresópolis, no RJ, onde não é possível nem mesmo transitar, a solução de muitos pedestres e motoristas tem sido optar pelo uso da bike. Tal questão é preocupante, pq muitas vezes, após as enxurradas, são levantadas tampas de bueiros e abertos buracos que poderiam causar acidentes. Um ciclista ao pedalar em água turva não percebe um bueiro, podendo sofrer um acidente com um mínimo de danos. Cortes e hematomas são o mínimo que pode ocorrer em casos como este. Sem contar que a pele fica em contato direto com esta água imunda, que pode portar doenças diversas. Sei que é difícil contornar tal situação, mas o melhor e não sair de casa nestes momentos onde o caos é ocorrente. Para quem não pode aguardar, faço o reforço de cautela... e também não esqueça que cubos, movimento central e o freehub ficam comprometidos após rodar com água no interior. É necessário desmontar para limpar e lubrificar novamente, sob pena de perder precocemente o material. Para os amantes dos tubos de aço, atenção para não ficar água dentro dos tubos... a corrosão é cruel!

Roberto Furtado