quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Espírito ciclístico...

stevelummer.wordpress.com
Na história individual de cada ciclista esta o momento em que ele ganha o equilibrio necessário para literalmente perder as rodinhas de apoio. Quem não tem uma história assim? Lembro um pouco da minha, já meio apagadinha, afinal isto deve ter 29 anos, se me estiver certo. A foto acima representa maravilhosamente bem este momento, talvez ela descreva muito mais em termos de ideais. "A perda das rodinhas" significa também ter autonomia, escolher o caminho e as aventuras que pela frente virão. Não há limites para aquele que sonha, que se permite colocar nesta foto como ciclista que não olha para trás, deixando as limitações pelo caminho. Viver é tudo isto, seja como for, atingiremos este momento em alguma etapa da vida, e o sucesso depende de nós mesmos. A liberdade é um estado de espírito ciclistico!

Roberto Furtado