quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Quantas bikes preciso?

Esta é a pergunta que me assombra... muita gente me pergunta isto. E confesso que fico um pouco envergonhado, pq realmente tenho mais do que preciso. Estou tentando reconstruir uma GT LTS 4000, e tentando terminar a GT Outpost. Na última sexta feira, adaptei um guidão qualquer e saí na GT outpost... nela falta muito pouco, preciso pintar um guidão, bagageiros, e fazer mais alguns acabamentos ou instalação de acessórios. Pouco mesmo! Depois vou seguir na reconstrução da GT LTS 4000, e nesta vou ter muito trabalho. Quando terminar estas duas, considerando a venda GT Transeo, oficialmente ficarei com 4 bicicletas GT, todas da década de 90. Possivelmente será a coleção mais completa da marca GT e desta geração do Cromoly. Ficando uma GT full, uma speed, e duas MTBs montadas com configurações diferentes (justamente pela semelhança). E me pergunto se preciso de tantas... e a resposta é bem nítida. Não! Definitivamente não preciso... mas considero um vício tão saudável que me permito exagerar. Penso eu... ter 4 bicicletas do que ter 2 carros! Sendo já um pouco equivocado porque o excesso também é crime, mesmo que de bicicletas. Se preciso mesmo, isto é lógico que não. Agora que é bom poder escolher em qual andar, ou poder pedalar enquanto sua bike oficial esta em revisão, isto realmente muito confortador. Não é preciso deixar de pedalar nunca por motivos que envolvam necessidades de manutenção da bicicleta. Sempre há uma disponível. 
E a resposta para quantas preciso, considerando minhas atuais circuntâncias, acredito que três bicicletas seja um número muito bom. As vezes deixo uma em casa, as vezes na casa de minha mãe... e bicicleta penso assim: Quem tem três bicicletas, se estragar uma, fica com duas... se tiver duas, fica com apenas uma! Quem tem uma, pode acabar ficando sem nenhuma!
E poderá alguém pensar, mas aonde tu guarda tanta bicicleta? E logo pergunto oferecendo como resposta: Aonde tu guarda dois carros? Na sequência da resposta, fico comtemplando calado, questionando: Quantas bicicletas ocupam espaço de dois carros?
Lembrando que este é um texto de minha autoria, sem qualquer intenção ofensiva, porém de intuito reflexivo...

Roberto Furtado