quarta-feira, 24 de novembro de 2010

GT Outpost montada - fotos!

Protetor de câmbio e shimano 200 GS

Geral vista posterior

Geral vista frontal

cantilever e garfo em destaque

Conjunto de "transmissão" e detalhamentos

Detalhamento dos pneus 26 x 2.10 K-898

Detalhamento do cantilever shimano

Detalhamento do suporte de conduíte do cantilever e fixador de cesto

Vista geral do lado direito

Finalmente faço a postagem com fotos da GT Outpost. Antes destas faltavam o guidão preto e o protetor de câmbio! Com a conclusão desta fase, utilizei ela no passeio noturno desta última segunda feira. Passarei a usar elas nos passeios, especialmente nos dias em que eu não tiver tempo para voltar para minha casa antes de iniciar o passeio. Esta GT pretendo deixar na casa de meus pais, pq vou colocar até uma cestinha na frente, ou um bagageiro para carregar algo. Bastante semelhante da proposta da GT vermelha que vendi fdias atrás. Ao estilo da época, uma bike confortável, segura! Dei uma volta nela e foi só alegria.
Me desapontei com a cor dos bagageiros, pintei de preto, mas deveriam ser prata. Vou fazer novos bagageiros, mas até lá manterei esta com bagageiros pretos, assim teria ela protna para o uso, mesmo que não ficasse ao ponto de 100% (ao meu ver). O conforto foi o ponto mais alto do projeto, boa manobrabilidade e estabilidade, fora questão de estética que ao meu ver ficou nota 10.
A bicicleta ficou excelente... uma old school legítima, sendo atuais apenas os freios que são de bicicletas de ciclocross, e que aparecem detalhados em uma das fotos. Os pneus, embora largos, são extremamente adequados a ela, aderentes em curvas, e leves em linha reta. O peso da bike ficou um pouco acima da espectativa, mas percebi que haviam questões a mudar se assim quisesse. O canote esta com apenas 1/4 para fora, o que permite recalcular a inserção mínima e cortar. Particularmente não tenho esta preocupação, mas sei que muitos pensam diferente, gastam cifras boas com peças mais leves.
Algumas pessoas me perguntaram sobre o guidão, respondo o mesmo de sempre...guidão de aço de boa qualidade, pintado em tinta epóxi preto fosco.  A cor da bicicleta se destaca muito com os componentes polidos, motivo que me faz definir a cor dos bagageiros por prata.
Fiquei muito satisfeito com ela, por motivos gerais, mas lembro que o limite de cada equipamento esta no uso que o ciclista oferece. Então, sabemos que para proposta urbana e de estrada mal conservada, ela leva vantagens que qualquer outra de sua geração e proposta não atende. Principalmente por estarmos falando de um bicicleta cujo o quadro tem seus 14 anos de vida.

Roberto Furtado