terça-feira, 6 de julho de 2010

Cousteau no Salão de Atos da UFRGS 05.07.2010

A conferência com Jean-Michel Cousteau foi marcante ao público presente. A emoção tomou conta daqueles que poderiam contagiar amigos e colegas com intenções ambientalistas, quando em um dos videos um índio descrevia sua preocupação frente a graves problemas decorrentes da contaminação de um recurso hídrico utilizado por sua aldeia. Além deste, outros videos representavam a ação prática de Cousteau e sua equipe, na presença da fauna selvagem ou relatando alterações climáticas frente ao ecossistema amazônico. Por inúmeras vezes, Cousteau afirmou que o planeta é totalmente interligado, e que o motivo disto seria que a água é uma só, uma vez que os oceanos são ligados. Cousteau pronunciou-se sempre em um inglês claro e limpo, muito nítido e de fácil compreensão até mesmo para leigos. Mesmo assim, como se esperava, a tradução simultânea funcionou bem, e o evento como um todo foi perfeito. Como fotógrafo fui muito bem recebido, e não houve qualquer atitude restritiva ao papel que desempenhei. Muito bom...
Especiais agradecimentos a Lucia Porto, da Nave design e comunicação, por esta oportunidade oferecida de fotografar um ícone sem igual do ambientalismo legítimo, Jean-Michel Cousteau.

Texto e foto: Roberto Furtado