quarta-feira, 3 de março de 2010

Uma nova febre, um novo produto? Roda 29?


Já tem algum tempo que venho acompanhando a febre e deslumbramentos com as ditas rodas 29 (29er). No início realmente achei que se tratava de algo novo, e como acredito muito no diâmetro maior das rodas para aumento de desempenho da bike, logo fui com a "cara" da novidade. Pesquisando, me deparei com algumas informações que acreditei estarem equivocadas, mas fui em frente para ver até onde as informações iam se colidir e quem sabe confrontar-se. A questão toda é que resolveram criar uma bike MTB com medidas de aro já existentes. A novidade 29 er é uma versão do existente aro 700, com novidades em pneus maiores. Alguém escreveu na net, não lembro onde, dizendo que o ciclocross teria sumido por vez. E fiquei pensando que esta modalidade esta, na verdade, se transformando. Já vi até o tal sistema 29 er montado em bicicletas de garfo rígido... agora me perdoem se eu estiver errado, mas aro 29, com pneu off road, e garfo rígido, se isto não for um resquício do ciclocross, então não sei mais nada. É jogada mundial para superar um momento de crise, lançar um novo produto para que este desperte o interesse dos adormecidos e confortados ciclistas consumistas. Não estou dizendo que é ruim, tampouco que é tudo de bom ou apenas econômico. Estou afirmando que isto é a evolução das bikes e que talvez nem seja tão inovador como se vende. Aquilo que a 40 anos atrás (no mínimo) era chamado de ciclocross, foi alterado para algumas formas e modalidades de mtb, e agora recebe uma pitada de algo que traz mais ainda o passado. Fico na dúvida se um pneu não serve no lugar do outro, receio que sim... as medidas foram feitas de forma diferente, justamente para ocultar algo, assim como aro 650, que muito se parece com 26. Agora, 29 er com aparência de 700... e se for assim, logo logo poderemos usar rodas de bikes road em bikes de mtb. No fim tudo se aproxima, quase igual, quase mesma função... mesma diversão!
Roberto Furtado