quinta-feira, 25 de março de 2010

Novo problema com peça VZAN!!!


No ano passado relatei um problema com um aro VZAN modelo Action... o problema com o aro Action foi minimizado com o comerciante do aro, que substitui o mesmo para mim. Embora a roda da frente com o novo aro não pudesse receber um pneu sem que muito esforço fosse empenhado, me dei por satisfeito na questão daquele episódio. Pensando que seria um problema isolado, recebi de outros colegas usuários deste mesmo aro, a reclamação sobre a dificuldade na hora de instalar o pneu. Um colega relatou o problema, indicando que o defeito seria do pneu, mas mostrei para ele que o mesmo pneu entrava num aro importado (Rígida) com as mãos, nem espátula era preciso, e ficava perfeito com a indicação de calibragem informada pelo fabricante Kenda. Pensei se tratar de um problema isolado com um dos modelos da VZAN, e acabei comprando um novo par de aros da marca. Muito bonitos em perfil e razoáveis em, acabamento... e o valor, muito convidativo e convincente. Então comecei a montar o aro em um cubo Fórmula, com raios de inox, tudo perfeito. Os aros foram colocados no centrador, e foram apertados até que não houvessem mais pulos e "danceios". Ontem a noite estava em casa, olhando para o par de rodas enquanto colocava as fitas para proteção da câmara. E percebi uma diferença entre os nípels, na rápida olhada, consegui perceber... levantei-me e peguei a roda que estava encostada contra uma parece branca. Levantei na altura dos olhos e não acreditei. O nípel saía para fora... como aparece nas fotos. Retirei a fita que já estava colocada, e percebi olhando a face interna do nípel que ele estava devidamente encaixado, porem a face externa apresentava-se saliente e desforme. Concluí, com a crítica que aprendi durante a faculdade de engenharia mecânica, que não houve controle de qualidade, e que no momento do aperto do nípel houve a falha. Portanto, entendo que houveram duas falhas... na execução de montagem do aro, e na revisão (controle de qualidade). O nípel se encontra firme e aceitou o ajuste feiro em gabarito, e não oferece risco, mas a apresentação do produto ficou totalmente comprometida. Diante a dois episódios acabo na certeza de que o produto do segmento não atinge comparação com produtos importados como WTB, DT Swiss, araya, ou seja qual for o modelo e marca de produto semelhante importado. Achei importante a postagem aqui, ps muitos amigos costumam visitar este blog e não queria que estes colegas ficassem desiludidos da mesma forma que fiquei.
Texto e fotos: Roberto Furtado