segunda-feira, 16 de novembro de 2009

GT Transeo


Felizmente para mim e para um outro biker, vendi outra bike que me permitiu realizar um novo investimento. Com isto, resolvi testar algo atual. Depois de muito refletir sobre a aquisição e montagem de uma bike "híbrida", ou melhor de uma bike com aro 700 com perfil touring e quase ciclocross, acabei optando por uma GT Transeo 5.0, e justifico. A GT Transeo 5.0, diferentemente dos demais modelos da linha Transeo, possui garfo rígido. Um grande receio que ainda tenho é a opção de encontrar uma suspensão especificamente para aro 700, e quando for o momento de substituir esta peça, ficaria me "descabelando" por não encontrar no medíocre mercado brasileiro. Uma bike de pneus 700 x 32 (34, 35, 38, 40, 42, idem!) de boa qualidade, ainda é uma raridade no Brasil. E peças específicas para ela também. Acredito que uma bike com garfo rígido tenha um papel mais interessante se tratando de uma bike com uso city, touring, mais específico para asfalto e eventual chão batido.
Tenho uma preferência por bikes de 24 V, e por isto optei por trocar praticamente todas as peças... colocando peças de nível melhor que as originais no modelo. Cambios, trocadores, freios, cubos, cassete, etc... tudo na versão preta da shimano, em geral alívio. A coroa maior do pedevela substituto era de 42 dentes, alterei para 48 dentes, desta forma ficando mais long a relação para estrada, sem perder a capacidade de subidas, com relação menor de 22 dentes, e intermediária com 32 dentes.O cassete por sua vez, também ficou interessante, com 11-32 dentes. Agora estou no aguardo da chegada de uma peça, e logo levarei no amigo Tchaka para alteração. Creio que nesta semana ainda, esteja pronta. Farei fotos e um teste, postarei aqui aqui no blog, afinal... bikes com este perfil ainda são uma raridade, e deixam muita curiosidade.
Roberto Furtado