quinta-feira, 6 de agosto de 2009

A era Frame Builder


O tempo corre e o tudo relacionado a tecnologia dos materiais toma uma ascendência que as vezes parece ferir a compreensão. É difícil usar um equipamento, hoje definido como material de ponta, e amanhã conhecer um produto superior, necessitando nova adaptação. As bikes vem evoluindo muito, aqueles que nasceram para as bikes em meados de 90, como eu, passam a ficar surpresos com o avanço e opções disponíveis na atualidade. Claro que o Brasil, embora seja apontado como País do futuro (não sei do que), sempre chega atrasado em questões esportivas de qualquer natureza. O foco deste post é o surgimento de tantos habilidosos "personalizadores" de bikes, fabricantes artesanais, chamados de frame builder. Ao estilho ferreiro refinado, o frame builder, é um artista espetacular. Fazer a estrutura que suportará um homem, sobre rodas, e pura energia otimizada... e por fim, torná-la tão bonita, é algo para especialista. A sensibilidade do frame builder é o grande trunfo, além de possui conhecimento, habilidade e recurso, antecipar a estética final também torna este profissional especial. Infelizmente ainda não tive oprtunidade de conhecer um artista assim aqui em Porto Alegre. Sei que existem bikers que fazem alguns trabalhos, mas de forma completa e verdadeiramente reconhecida no mercado, desconheço. No exterior, esta atividade e profissão virou febre. Já é possível achar tantos em tantos locais do planeta. Talvez a grande responsável por isto seja a internet, que permite a interação de distantes locais, trazendo o novo a toda localidade.
Talvez um dia, aqui em Porto Alegre, surja um profissional tão bom quanto este que fez a bike da foto acima, uma fixed bike de alto nível.
Roberto Furtado