terça-feira, 19 de maio de 2009

Customização de bikes

Há muito tempo que a customização é um hábito em muitos hobbies e atividades relacionadas a colecionadores e admiradores. As vezes, o proprietário de uma moto ou carro (ou outro "pertence"), personaliza seu "brinquedo", fazendo com que ele seja único, além de belo. No motociclismo e no automobilismo isto é bastante comum, até mesmo no Brasil. No segmento de bicicletas isto é uma raridade no Brasilzão, mas acredito que o tempo mudará esta estatistica. No exterior existem muitos interessados em personalização de suas queridas bikes, e onde há interessados, há quem faça este tipo de serviço... o vice-versa, relacionada dependência.
É interessante que no exterior, as bikes customizadas sejam quase na totalidade fabricadas em aço ou cromoly (geralmente Cr-Mo). Acredito que as técnicas disponíveis como montagem de tubos "cachimbados", com soldas mais frias e de fácil acesso, permitam este tipo de operação. Alterar geometria, adicionar um acabamento em alto relevo, delimitar inicio e fim de peças por meio de soldagem, permite pinturas e trabalhos diferentes, resultados únicos. Alguns criam mecanismos novos, outros limitam a estética e ao design, mas todos querem personalização... diferenciação de suas bikes. Algumas bikes se tornam single speed, outras portadoras de novos freios, ou recebem esperas para bagageiros especiais, porta-bombas (de ar), e outras variantes ao gosto do proprietário. Geralmente, bikes em Cr-mo... geralmente. Contra a maré do alumínio, carbono e outras inovações tidas como tecnológicas. Abaixo, alguns exemplos, do aro 29 ao 700... retirados do endereço: http://www.salientia.ca/dave/category/bike-of-the-day/








Roberto Furtado