terça-feira, 24 de março de 2009

Foi a árvore que engoliu... conto?


Um homem, durante a infância viveu no interior de uma pequena cidade. Divertiu-se e correu em sua pequena bicicleta por entre árvores, catando grilos e fazendo as travessuras que toda criança normalmente faz. Logo que atingiu os 10 anos de idade, seu pai lhe deu uma nova bicicleta, de acordo com o tamanho do moleque. E despreocupados colocaram a pequena bicicleta de aro 16 numa forqueta de árvore. O tempo passou, e o menino cresceu, foi estudar no centro da cidade, logo prestou vestibular... formou-se, teve filhos, envelheceu. Quando seu primeiro neto completou 5 anos, pensou que uma bicicleta seria uma ótima opção para o fortalecimento dos músculos do menino que vivia em uma metrópole. Pensou e comprou uma bicicleta, e o menino cresceu e apaixonou-se por bicicletas. O garoto creesceu e perguntou ao avô como era a tal bicicleta de infância, que o avô sempre contava. Eram sempre histórias contadas na velha escadaria da casa onde avô morava. O avô lhe disse que não lembrava mais, apenas de que era vermelha e pequena. No dia seguinte, um sábado, pegaram o carro e foram até a propriedade onde o avô havia passado a infância. O novo proprietário do local, permitiu que fossem até a tal árvore que o avô dizia lembrar, mas não encontrou. Foi então que o avô percebeu que tudo havia mudado. O novo proprietário, muito curioso... peguntou: "mas o que vocês procuram?" E o avô respondeu: "uma pequena bicicleta encaixada numa forqueta de árvore." O proprietário do sítio sem responder nada, os levou até o local. Para surpresa do avô, a pequena arvorezinha cresceu, e praticamente engoliu a pequena bicicleta, deixando de fora praticamente o começo e o fim da mesma. Os três, ficaram alguns minutos ali, maravilhados e estupefatos com a capacidade da natureza, de resolver problemas e mudar. Os três sabiam agora, a história completa da pequena bicicleta... que acabara sendo devorada por uma árvore.
texto: Roberto Furtado