sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Protesto e emoção, morte de uma ciclista!

Recebi de minha irmã, o link deste blog que traz fotos e informações sobre o acidente da ciclista morta nesta semana na avenida Paulista. É lamentável que o motorista ainda veja o ciclista como "maloqueiro" que não pode comprar carro, ou seria outro motivo que desconheço. Pensar que a pessoa que anda de bicicleta não é uma vida, é o mínimo para a falta de respeito que tenho percebido todos os dias em que ando de bicicleta. Tenho carro, alias dois carros... e ando de bicicleta, por amor, consciência e esporte. Que esta tragédia seja pelo menos, um motivo para pensarmos na vida, no quanto vale uma vida, no que poderia viver uma pessoa se estivesse viva até os últimos dias de sua velhice. Esta moça, jamais viverá a emoção de ser avó... pq o motorista do ônibus, por irresponsabilidade, passou perto demais... derrubando-a, e passando por cima. Não penso na pena que deveria ser atribuida a ele, mas sim no que esta ciclista poderia viver se estivesse viva. Infelizmente, o povo brasileiro, rico ou pobre, desrespeita o ciclista. Ciclista que representa um carro ou moto a menos nas ruas, em tempos tão conturbados no trânsito. Fica aqui, registrado o manifesto e gesto de carinho dos amigos gaúchos aos familiares e amigos da ciclista Márcia Regina de Andrade Prado.

http://marioav.blogspot.com/2009/01/protesto-dos-ciclistas-na-paulista.html

Roberto Furtado