quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Uma trek 820... com espírito esportivo!

A Trek 820 foi a forma industrializada mais próxima dos conceitos que temos por uma bike ideal... fugindo do alumínio. Eu, o amigo Raul, dentre outros, caimos em tentação ao imaginarmos que esta deva ser o "último suspiro" de uma geração de bikes confeccionadas ainda em Aço/cromo e composições relacionafas do FeC. A bicicleta trek 820 originalmente tem peças bastante simples, porém isto pode ser uma interessante opção... já que peças simples traduzem uma bicicleta mais acessível, permitindo a alteração personalizada dos componentes. O custo médio de uma bicicleta original destas fica em 1000 reais, mais ou menos... o novo valor total é um pouco impreciso, pois usei peças de uma outra bicicleta que tenho, viabilizando o experimento. Desta forma é possível ficar com a composição que escolhi sem maiores custos iniciais e testar. Mantive dela, somente quadro, guidão, caixa de direção, canote e selim. As demais peças foram vendidas para reduzir o custo do projeto. As novas peças estão listadas abaixo:
- Garfo amortecido Rock Shox Judy 4;
- Cambios dianteiro e traseiro Deore LX;
- Pedevela integrado Truvativ Firex;
- Trocadores 27 V Deore;
- Freios mecânicos a disco Avid;
- Rodas com cubos Shimano p/ disco c/ aros WTB disc;
- pneus Tioga blue e yelow 26 x 2.10, garrudos!

As fotos foram feitas pelo amigo Raul... entusiasta que compartilha da idéia.



Trek 820 em cr-mo, vista pela diagonal dianteira, foto 1
Trek 820 em cr-mo, vista pela diagonal traseira, foto 2
Trek 820 em cr-mo, visão lateral, foto 3
Aqui segue o link da bike no site do fabricante, com peças simples e originais:

Roberto Furtado