quarta-feira, 26 de agosto de 2015

DHU de CB 2015... partiu! É neste final de semana!

Downhill Urbano de Carlos Barbosa 2014. Foto: Roberto Furtado
Neste próximo sábado todo mundo lá pra ver os primeiros treinos oficiais do DHU de CB 2015. Os treinos de sábado iniciarão a uma hora da tarde e terminarão as 15 horas. Na manhã de sábado, novamente serão abertas os treinos... a oficial acontece a tarde e a previsão do tempo, por hora, é muito boa. Quem não conhece não pode perder esta... vai lá prestigiar este grande evento e a bela Carlos Barbosa. 

terça-feira, 25 de agosto de 2015

A diferença entre uma boa foto e 84.000.000 de views

Leandro Bonfante Voando em Rolante 2014. Foto: Roberto Furtado / FGC
       Por muito tempo refleti sobre o trabalho com fotografias e me senti sem respostas para algumas situações profissionais. Um amigo e mestre da fotografia, disse-me: "Roberto, quem diz se teu trabalho esta bom ou ruim é o cliente!" 
Acho que existe um bom fundo de verdade para isto, mas prefiro pensar que todo dia penso em melhorar sem me dar por satisfeito. E aliás, é justamente esta busca incansável que me faz progredir. E vou deixar de desistir pelas melhorias somente quando estiver aposentado, de outra forma não faria sentido algum seguir uma caminhada evolutiva. Evoluir é preciso... seja vc um professor, vidraceiro ou fotógrafo. Talvez os primeiros trabalhos de um profissional possa ficar para trás se vc olhar com a crítica pesada, mas começo todos terão, e o futuro sempre reserva algo melhor sobre crescimento profissional... exceto se vc for um deitado nas cordas. Procuro alimentar minha alma profissional todos os dias... me motivo, faço experimentações, clico muitas vezes sem pensar no dinheiro. Queimar material para aprender não jogar dinheiro fora... de outra forma, faculdade também seria! Congelar ou dar velocidade? Eis a questão que todos pensam sobre uma boa fotografia... acho que isto tem mais relação com a identidade visual de um profissional do que com o que o espectador vai pensar dos teus resultados. De maneira geral, todos gostam... alguns dizem algumas asneiras, principalmente aqueles que não entendem nada de um trabalho. Faz parte... a gente entende, absorve, e usa pra aprender. Não me incomodo mais com isto... até gosto de ouvir. Considero uma forma de avaliar o público... e ouvir teu público é importante. Não o deixe sem respostas... vejo muitos fazendo isto. Eu não tenho problemas em aprender o que não sei, tampouco por ensinar quem sabe menos que eu... vejo este tipo de profissional com "ridículo", afinal, ele também não nasceu sabendo. De vez em quando, alguém esta ao meu lado... um colega. Vejo ele fazendo cliques, observo sem olhar. Percebo muitas coisas... boas e ruins, evidente! Ninguém sabe tudo e o estágio de aprendizado de cada um é variado... uns já caminharam mais, outros menos, mas os resultados não tem relação direta com quilômetros, mas com capacidades. Conheço caras velhos, teoricamente experientes, muito atrasados... e vejo jovens com enorme potencial em suas caminhadas de 2 ou 3 anos. 
Eu aprendi uma coisa sobre trabalho... foi há tempos, mas só recentemente finalizei esta fração da reflexão. Muita coisa não esta escritas nos livros. Aliás, bom profissional vai ter que fazer algumas coisas na vida... diariamente vai ter que pensar, perguntar e encontrar a resposta sozinho. Se não estiver de acordo com isto, encontre algo rotineiro e pouco exigente, pois trabalho técnico autônomo requer muito murro em ponta de faca. Finalizo a reflexão sobre esta que chamei de "entre uma e 84 milhões", explicando... Vc sabe qual a diferença entre um ou alguns bons cliques e 84 milhões de views? A diferença é a estrada. Para se ter 84 milhões de views foi preciso acordar cedo centenas de domingos... rodar milhares de km; clicar o botão da máquina milhares de vezes; saber escrever ao menos um pouquinho; amargurar com o não reconhecimento muitas vezes; dormir mais cedo enquanto teus familiares estão se divertindo em um churrasco; etc.
A diferença é esta... simples, não? 84.000.000 de views é o número de visualizações que as imagens do google + foram "observadas" por entusiastas de imagens e de bicicletas. O perfil é do usuário bikesdoandarilho@gmail.com, criado a cerca de 3 anos. Nada mal para um blog brasileiro do extremo sul do Brasil.  

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Downhill de Rolante 2015

Foto: Roberto Furtado / Federação Gaúcha de Ciclismo

Foto: Roberto Furtado
               Sábado de sol com direito a temporal no final do dia... 
O dia foi espetacular no sábado, sol de rachar, calor de verão, trilha seca e o clima amistoso do esporte que pulsa emoções. Isto é o downhill... Quem foi viu, mais uma vez! Nossos meninos... de todas as idades, são o ouro que temos! 
Quem saiu de Rolante e tinha como destino Porto Alegre, certamente se assustou ao se aproximar da capital. Uma nuvem negra em camadas pairava sobre a região metropolitana e se dirigia em direção ao norte. Teve direito a árvores caindo na rodovia... carro balançando e chuva intensa que impedia trafegar acima dos 30 km/h. Coisas destes tempos loucos...
A prova espetacular, 5ª etapa do Campeonato Gaúcho de Downhill (CGDH), foi de realização dos atletas da cidade de Rolante com a Federação Gaúcha de Ciclismo. O público espectador esteve presente e se aglomerava em pontos estratégicos. Os pontos favoritos eram escolhidos de acordo com a dificuldade técnica do local. Pontos de saltos ou de quedas em alto potencial geravam agrupamentos de pessoas para assistir a passagem dos pilotos. Mais uma vez, não tivemos quedas com gravidade. Apenas o piloto Juliano Spolidoro Milesi ( Kamikaze) teve fratura de escápula, mas passa bem. Se percebe que as safras jovens estão cada vez mais habilidosas, talvez pq tenham começado cedo. Os meninos do downhill estão ótimos! Estão fazendo bonito, como os irmãos Kraetz. Há muitos meninos com grande potencial... potencial que pode levar o Brasil ao patamar mundial com facilidade. Incentivar é preciso... alimente o sonho, tenha um atleta em casa ou na sua vizinhança. 


É preciso alimentar o esporte!

Apoiar o esporte é uma obrigação das cidades, do governo do estado e do governo federal. No entanto, não é de hoje que as ajudas são modestas e/ou inexistentes. Por este motivo, a FGC e seus colaboradores, realizam o apelo para que neste momento, onde tudo é desculpa para crise, que sejam realizados os trabalhos de divulgação. Compartilhem fotos, comentem positivamente as ações da FGC, Revista Bicicleta, Bikes do Andarilho, eventos diversos relacionados a bicicleta, pois de outra forma não é visível todo trabalho que se faz pela construção do esporte. Há motivos de sobra para apostar no esporte com resultados importantes para toda sociedade. O esporte é construtor do caráter dos atletas em fase de formação; coloca os atletas em um foco saudável; contribui na saúde da população; gera entretenimento na região onde acontece; movimenta a economia da bicicleta; gera planos futuros, inclusive relacionados a escolaridade e carreira profissional dos atletas. O downhill mostra a sociedade brasileira que é importante na estrada do país. 

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

As feiras e a economia...

Foto: Roberto Furtado / Bikes do Andarilho / Revista Bicicleta 
       O mês de agosto esta próximo do final... e com setembro chegam as feiras que movem o mercado brasileira. Nos dias 14-18 de setembro acontece a Interbike 2015, e no fim de setembro movimentará o mercado nacional a Brasil Cycle Fair 2015. Ambas as feiras tem importância nacional... a Interbike dita as tendências, a BCF 2015 se adapta e oferece ao consumidor brasileiro a novidade viável ao mercado. Novidades temos muitas para observar... e a espera é que a feira mantenha aquecido o mercado nacional. A tecnologia acompanha o produto do top ao popular, em cada uma das extremidades ocorre a importância da evolução que ditará as tendências do ano seguinte. Produto bem aceito hoje, produto em evolução, produto nas prateleiras amanhã... simples! Não há crise para a bicicleta... bem, talvez sim, ao olhar em primeiro momento, mas pense quantos serão os brasileiros que assumirão a bicicleta como veículo alternativo ou cotidiano com a alta dos valores de combustíveis. Há, sim, muita especulação... muito pessimismo. Também não estou otimista em relação ao mercado de imóveis ou de automóveis, mas para o mercado de bicicletas, estou totalmente otimista. Prestemos atenção... ouça, sinta, veja os sinais. Eles estão no dizendo algo sobre as bicicletas... 

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Ekonova Adventure Bike - Edição Linha Nova 2015

Foto: Roberto Furtado

Foto: Roberto Furtado
                 Esta lançado o convite... dia 30 de agosto acontece mais um grande dia do entretenimento da bicicleta. A Ekonova faz contagem regressiva para mais um evento cheio de aventura com a bicicleta. "Liberte seu espírito de aventura" é a proposta deste evento com três opções de trajeto. 

Trajeto de 20 km - Iniciante
Com uma trilha de 1km e aproximadamente 480 metros de elevação acumulada, este é o trajeto recomendado para aqueles que estão começando.

Trajeto de 30Km - Intermediário
Com 3 trilhas de 6km aproximadamente 880 metros de elevação acumulada. Este é um bom trajeto para aqueles que estão avançando!!!

Trajeto de 40km - Longo
Este sim é um trajeto duro, 4 trilhas com 11km no total e aproximadamente 1350 metros de elevação acumulada. 
Se recomenda este trajeto aos que já conhecem o padrão da Ekonova ou que estão acostumados a fazer trilhas. 

A Estrutura do evento...

         Quem costuma pedalar com a Ekonova já conhece o formato, mas é preciso falar um pouquinho da estrutura, pois sempre aparece o ciclista da primeira aventura. A Ekonova é uma empresa preocupada em oferecer o melhor possível em estrutura de entretenimento de aventura. Nesta oportunidade, da bicicleta, estão incluso o seguro aos participantes. Teremos 4 pontos de hidratação e 1 ponto com frutas.  No Caminho estarão batedores munidos de motocicletas... há também ciclistas orientados para ajudar, além do coleguismo dos mais experientes. Fabiano, da Ekonova, fica todo trajeto circulando com um carro de apoio. Há outros automóveis de apoio... eles estarão lá para reforçar a segurança. Todo trajeto é devidamente marcado... com cal ou fitas e/ou placas indicativas. Os ciclistas inscritos recebem uma identificação que é importante para controle da organização. 
Serão feitos videos e fotos durante o evento... o evento é divulgado nas redes sociais e em sites parceiros, como o Bikes do Andarilho e Revista Bicicleta. O Bikes do Andarilho é presença garantida nos passeios e eventos da Ekonova... O Roberto Furtado vai estar fotografando e, o Fabiano Pellenz vai fazer fotos também. É uma certeza de muitas imagens. O local de largada e concentração possui amplo estacionamento. No retorno, existe um local para banho. 

Investimento:

R$ 30,00 (para inscrição e pagamento antecipado)

R$ 35,00 (para pagamento no dia do evento)

SEM CAPACETE NÃO SERÁ PERMITIDA A PARTICIPAÇÃO DO CICLISTA.

Inscrições limitadas a 300 antecipadas, faça logo a sua.

https://docs.google.com/forms/d/1zxNA0YoFW331YP8wLCOtEFPnrg1K05rQPacZXUwDkI0/viewform

Mais informações no Facebook do evento (link).

Aproveite e confira como foi o passeio anterior, no dia 26 de julho.

Ekonova em Feliz - lote 01

Ekonova em Feliz - lote 02

Atenção, evento transferido do dia 23 para o dia 30 de agosto.

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Mecânicos de Bicicleta aposta em: "faça vc mesmo!"

Imagem para Mecânicos de Bicicleta.com.br, produção Bikes do Andarilho. Foto: Roberto Furtado
                 Uma ideia bastante simples... bem moderna e uma tendência mundial! Faça vc mesmo! muito embora isto seja uma realidade totalmente relacionada ao perfil de ciclista, sabemos que isto é realmente uma situação vivida por aqueles ciclistas mais aventureiros na manutenção da querida bike. Faça vc mesmo em casa! Como no imagem acima, um ciclista realiza a manutenção na sua própria bike na sala de casa. A oportunidade de realizar a própria manutenção da bicicleta se tornou viável nos últimos anos com a disponibilidade de ferramentas específicas com a realção de bom custo e benefício. No passado as ferramentas estavam somente disponíveis as lojas... pq era mais controladas justamente para evitar que as mesmas chegassem ao consumidor, mas hoje elas estão sendo vendidas com valores atraentes e fazem a cabeça de quem não gosta de mais ninguém mexendo na sua bicicleta. Algumas ferramentas, como a específica para aperto de cassete e freio a disco tipo centerlock, ou mesmo um extrator de movimento central, pareciam dispositivos especiais restritos as oficinas. Elas podem ser encontradas na loja Mecânicos de Bicicleta (link).  Érico Corrêa aposta no mercado com atendimento de qualidade e com o diferenciado foco aos mecânicos de bicicleta de plantão...
A e-shop esta investindo na ideia e apostando na divulgação como uma forma de se destacar e, aliás, vem fazendo isto de forma dedicada. Muitos são os clientes que "compraram a ideia"...
O Bikes do Andarilho produziu a imagem que será veiculada na campanha em questão, divulgada inclusive na Revista Bicicleta. Longa vida a ideia...